Siga buscando — Tempo de leitura: 5 minutos
Como médicos, motoristas e doadores de sangue se unem para salvar vidas em toda a África
Lagos, na Nigéria, é uma cidade de 24 milhões de pessoas. No meio da tarde, o trânsito atinge o horário de pico e está parado. Ninguém consegue ir a lugar algum.
A não ser Joseph Kalu. Joseph não é um motoboy comum. Ele trabalha para o LifeBank, uma empresa de tecnologia fundada por Temie Giwa-Tubosun que liga fornecedores de sangue a pacientes em hospitais. A missão dele é entregar, em menos de 45 minutos, o sangue que transporta dentro de um recipiente de temperatura controlada para salvar vidas.
Usando o smartphone, Joseph consulta o aplicativo do LifeBank, que usa o Google Maps Platform para mostrar as rotas entre bancos de sangue, médicos e motoristas em toda a cidade. Ele vê imediatamente a localização do banco de sangue e a do hospital que aguarda a entrega.
É uma situação urgente. Se alguém perder 40% do sangue do corpo, poderá morrer de falência dos órgãos. Todos os dias, o LifeBank corre contra o tempo pelas ruas de Lagos.

Para Temie Giwa-Tubosun, o acesso a informações de mapeamento foi uma parte importante da solução para a crise de doações de sangue no próprio país natal, a Nigéria. Organizar informações e torná-las acessíveis é um dos princípios básicos da missão do Google. O LifeBank criou um sistema para ligar bancos de sangue a hospitais por meio do Google Maps Platform e conseguiu diminuir o tempo de entrega de 24 horas para menos de 45 minutos.

Temi Giwa-Tubosun na sede do LifeBank.
Muitas vezes, um paciente com hemorragia tem entre 20 minutos e 2 horas de vida. É um problema que precisa ser resolvido rapidamente.

Temie Giwa-Tubosun

Em janeiro de 2016, Temie, que já era destaque em saúde materno-infantil na Nigéria, lançou oficialmente o LifeBank. O objetivo dela era encontrar a forma mais rápida de levar o sangue aos pacientes que precisavam dele. A ideia surgiu em 2014, quando Temie estava grávida. Ela vivia em Lagos, mas os pais haviam se mudado para os Estados Unidos. Temie queria que a mãe estivesse presente no nascimento, então foi ao encontro da futura avó.

Com 30 semanas de gestação, Temie foi levada às pressas para o hospital e teve que passar por uma cesariana de emergência. Felizmente, os médicos conseguiram fazer o parto do filho dela, Enafie, com segurança. "Se o parto tivesse sido em Lagos, eu poderia ter morrido de hemorragia pós-parto", Temie percebeu.

Seis semanas: o prazo de validade do sangue doado

6 semanas

Prazo de validade do sangue doado

Cruz Vermelha, 2019

A Nigéria tem a quarta maior taxa de mortalidade materna do mundo, o que corresponde a 19% de todas as mortes maternas globalmente. A hemorragia pós-parto (a perda de muito sangue após o nascimento do bebê) é a principal causa dessas mortes. A falta de infraestrutura para fornecer um suprimento adequado de sangue agrava o problema. "Quando percebi isso, vi que precisava fazer este trabalho, e fazer bem feito", afirma Temie. Ela voltou a Lagos determinada a encontrar uma solução.

Assista ao trailer 0:26 Veja como o LifeBank ajudou a salvar a vida de uma mãe.

O sangue doado tem prazo de validade de apenas seis semanas. Muitas vezes, as doações vencem antes de serem usadas porque os médicos não conseguem encontrar o tipo sanguíneo de que precisam. Temie percebeu que era basicamente um problema de logística: "Era necessário encontrar um canal de comunicação entre os médicos que precisavam de doações e os bancos de sangue que acabavam descartando material". Ela recorreu ao Google Maps Platform para criar uma interface para essas instituições que antes estavam desconectadas. Temie encontrou a solução: mapeou todos os locais envolvidos na distribuição de sangue em Lagos, incluindo hospitais, bancos de sangue e entregadores.

Antes, os hospitais (ou até os familiares de pacientes) ligavam para cada banco de sangue para perguntar se havia o tipo sanguíneo necessário. O tempo de resposta tornou-se uma questão de vida ou morte. Médicos sobrecarregados e familiares preocupados não tinham acesso aos recursos necessários para encontrar sangue a tempo.

Joseph Kalu, motorista do LifeBank, entrega sangue a um hospital de Lagos.

Estamos usando o Google Maps para criar uma plataforma de comunicação entre os bancos de sangue, os hospitais e os pacientes que não existia antes.

Temie Giwa-Tubosun

Para resolver esse problema, Temie criou e mapeou um repositório on-line em parceria com 52 bancos de sangue de Lagos. Agora, os médicos podem solicitar um tipo sanguíneo e imediatamente acessar um mapa para acompanhar o andamento da entrega. Com o modelo do LifeBank, o sangue costuma ser usado em até uma semana após a doação. O desperdício foi quase eliminado, e a oferta está finalmente atendendo à demanda.

A cada dois segundos, alguém precisa de sangue nos Estados Unidos.

A cada 2 segundos

Alguém precisa de sangue nos Estados Unidos.

Cruz Vermelha, 2019

Antes do LifeBank, encontrar sangue e levá-lo aos pacientes em Lagos podia demorar horas ou até mesmo dias. O LifeBank mudou essa situação, batendo recordes de rapidez ao fazer entregas em uma média de 45 minutos após a solicitação inicial. Como explica Temie, "sem uma tecnologia como o Google Maps, estaríamos perdidos".

Joseph Kalu, motorista do LifeBank, carrega sangue em um recipiente de temperatura controlada.
Sabia que os doadores sempre seriam uma parte importante da distribuição. Se você não tem material, vai entregar o quê?

Temie Giwa-Tubosun

Assim como acontece em muitos países, mobilizar doações de sangue na Nigéria é uma tarefa difícil, mas fundamental para a cadeia de suprimento. Para que o LifeBank pudesse funcionar, Temie sabia que precisava aumentar o número de doações voluntárias de sangue. No aplicativo de doadores do LifeBank, os nigerianos podem marcar horários para fazer doações por meio de um mapa dos bancos de sangue locais e saber mais informações sobre o processo.

Uma única doação pode salvar até três vidas.

Uma doação

Apenas uma bolsa de sangue pode salvar até três vidas.

Cruz Vermelha, 2019

Eu já estive doente, à beira da morte. Eu sei como é quando alguém [doa sangue] para quem precisa. Você dá vida a essa pessoa.

Oluwaseun Adeolu Doador de sangue do LifeBank

Ao conectar o público a recursos de suma importância para doação de sangue, o LifeBank registrou mais de 5.800 doadores. Quando perguntam a Temie sobre como conseguiu mobilizar tantos voluntários, ela tem uma explicação simples: "As respostas são surpreendentes. Na maioria das vezes, elas não são negativas, especialmente quando você explica por que isso é tão importante".

Até agora, o LifeBank já transportou mais de 13.800 bolsas de sangue, atendeu mais de 300 hospitais e salvou mais de 3.600 vidas.

Joseph Kalu, motorista do LifeBank, entrega sangue usando uma motocicleta.
Onde eu posso doar sangue?

Onde eu posso doar sangue?

Uma única doação pode salvar até três vidas. Descubra onde você pode doar sangue na sua comunidade.

Encontre um centro de doação perto de você
Voltar ao início